terça-feira, 12 de dezembro de 2017

Mural de capela em Mauá é tombado

Na última sexta-feira (8), o prefeito de Mauá Átila Jacomussi, o superintendente da Santa Casa de Mauá Harry Horst Walendy e o provedor Wilson Augusto conduziram a cerimônia de tombamento parcial das pinturas muralistas de Emeric Marcier na Capela Cristo Rei, localizada dentro do espaço hospitalar.





A capela abriga 23 afrescos do artista plástico romeno, refugiado no Brasil durante a Segunda Guerra Mundial. Alguns são pintados a óleo e outros em têmpera. Os painéis ocupam todas as paredes e o teto da capela, cujo trabalho levou dois anos para ser concluído. Ele começou a pintar a capela em 1943 e no conjunto de afrescos, o artista representou passagens bíblicas, entre elas, a ascensão de Jesus Cristo, a Torre de Babel, os sacrifícios ao bezerro de ouro e a divisão do Mar Vermelho. Marcier dizia que a capela não tinha arquitetura, mas o complexo da Santa Casa é um dos poucos exemplares com influência da arquitetura gótica na cidade de Mauá.

A Santa Casa de Mauá muito se orgulha de sua Capela Cristo Rei, considerada a Capela Sistina brasileira, e por mais de 50 anos, a responsabilidade por manter a capela foi, unicamente, da própria Santa Casa que nem sempre dispunha de recursos para isso. Há alguns anos, em parceria com o Conselho Municipal do Patrimônio Histórico, a Santa Casa iniciou um estudo sobre a melhor forma de proteger tal ícone da cidade, pois um tombamento total da capela inviabilizaria a conservação básica de uma construção que se situa no coração do hospital.

“Depois de alguns debates, chegou-se ao consenso de realizar o tombamento parcial, que consiste em proteger as pinturas, o altar, o órgão, o vitral e o jardim da Entidade, de forma a permitir que a manutenção básica dos demais componentes seja possível e constante. Com o tombamento se abre a possibilidade de buscar recursos e profissionais especializados para a manutenção, restauração e preservação desses importantes ativos culturais”, declara Harry Horst Walendy.

quinta-feira, 7 de dezembro de 2017

Ribeirão Pires realiza Festival do Cambuci

Neste final de semana, dias 9 e 10, a Estância Turística de Ribeirão Pires promove o 4º Festival do Cambuci da cidade. Chalés de gastronomia, food trucks e atrações musicais serão destaques do evento, que tem entrada gratuita e será realizado das 12h às 22h, no Paço Municipal (Rua Miguel Prisco, 288 – Centro).


Produtores de cambuci do município e da região do ABC participam do Festival, organizado pela Prefeitura, por meio da Secretaria de Turismo e Desenvolvimento Econômico. As bandas Lo Ramma, The Brothers e Serial Funkers fazem parte da programação desta edição da festa. Entre produtos derivados do cambuci é possível encontrar geleias, licores, cachaça, mousse, doces, molhos, entre outros.

O Festival do Cambuci de Ribeirão Pires acontece desde 2014, ano em que a Estância ingressou na Rota do Cambuci, iniciativa que combina festivais gastronômicos, um arranjo produtivo sustentável, roteiros turísticos e uma rede de pesquisadores. A Rota é uma iniciativa do Instituto Auá em parceria com os municípios de São Paulo, Rio Grande da Serra, Santo André, Mogi das Cruzes, São Lourenço da Serra, Salesópolis, Paraibuna, Ribeirão Pires, Bertioga e Caraguatatuba, e representa uma grande oportunidade para o resgate da cultura em torno do fruto nativo, a produção agroecológica e o comércio justo.

Confira a programação:
Sábado (9)
12h – Dj Kiko
15h30 – Waishi Daiko
16h30 – Ricardo Reis
19h – Lo Ramma
21h – Gullivera (Tributo a Tim Maia)

Domingo (10)
12h – Dj Kiko
16h30 – The Brothers
19h – Steve Sil
21h – Serial Funkers


quarta-feira, 6 de dezembro de 2017

Alunos de Santo André terão aulas sobre empreendedorismo

Por Vivian Silva

O temo empreendedorismo está em alta, principalmente, após o início da recessão econômica que “forçou” muitas pessoas desempregadas a encontrarem uma saída e, com isso, empreender foi uma das opções.  Para fomentar o conceito de empreendedorismo, a Prefeitura de Santo André e o Sebrae devem assinar, em breve, um termo de compromisso para implantar o Programa Jovens Empreendedores nas escolas municipais, no próximo ano.  

Esta novidade foi antecipada com exclusividade ao jornal Ponto Final, pelo novo gerente regional do Sebrae ABC, Paulo Cereda, que assumiu o posto há cerca de dois meses. De acordo com Cereda, os professores serão capacitados para ministrarem a nova disciplina - aos alunos do 1º  ao 9º  ano - que poderá ser aplicada em horário normal, ou no contraturno dependendo da escola. 

“A capacitação (dos professores) demora uma semana e a ideia é que no primeiro semestre de 2018 já possa ser aplicado aos alunos”, comenta o gerente do Sebrae ABC.  Além disso, Cereda ressalta que a capacitação dos docentes e as apostilas dos alunos serão fornecidas gratuitamente pelo Sebrae.  

O projeto deve ainda ser expandido para outros municípios do ABC, como Diadema e Ribeirão Pires. A reportagem do Ponto Final procurou a Prefeitura de Santo André para comentar o programa, mas até o momento não tivemos retorno.  

Projeto Aprendiz Empreendedor
As novidades não param por aí. Cereda comentou também que Santo André receberá um projeto piloto do Sebrae nacional, chamado Aprendiz Empreendedor, no qual empresários poderão contratar um aprendiz e a capacitação dele será custeada pelo Sebrae.

“O programa de aprendiz prevê que o empresário invista uma determinada quantia por mês na capacitação desse aprendiz, no caso do Aprendiz Empreendedor do Sebrae, o Sebrae vai subsidiar a capacitação, que terá em torno de 400 horas”, antecipa.

Empresários interessados no programa podem entrar em contato com o Sebrae e falar com o próprio Cereda, ou com a Zenaide, por meio do telefone 4433-4270.




Em carta, Paulo Serra aceita pedido de exoneração de secretária

O prefeito de Santo André, Paulo Serra, emitiu carta aberta relativa ao pedido de exoneração da secretária da Saúde, Ana Paula Dias, aceita por ele neste dia, a qual reproduzimos:

Quando convidei Ana Paula Peña Dias para assumir a Secretaria de Saúde de Santo André, deixei bem claro a ela sobre o grande desafio que enfrentaríamos. Há exatamente um ano, eu enxergava a doutora Ana Paula como uma mulher determinada, responsável e trabalhadora. Depois de um ano trabalhando junto a ela e acompanhando de perto seus esforços e profissionalismo, posso dizer que identifiquei mais uma característica importante nela: indiscutível competência.

A doutora Ana Paula arquitetou todo o planejamento da maior mudança do sistema público de Saúde da história de Santo André, e não só isso - ela planejou as grandes mudanças que implementaremos na cidade a partir de 2018.

Claro que tudo que envolve mudanças gera desconforto, mas a doutora Ana Paula enfrentou os desafios com muita coragem. Mudanças também acabam com a comodidade de alguns, situação que Ana Paula também encarou como poucos na qualidade de secretária municipal. E, não menos importante: todas as resistências daqueles que não queriam ver a Saúde melhorar, Ana Paula passou por cima com sua determinação e competência.

Apesar do desgaste, doutora Ana Paula atendeu ao meu pedido e foi se dividindo entre seu trabalho como médica neurologista e o comando da Secretaria Municipal de Saúde. Hoje, depois de muitos pedidos por parte de Ana Paula, me vi obrigado a aceitar seu desligamento da pasta e dos quadros da Prefeitura de Santo André. Aliás, faz alguns meses que ela vinha solicitando liberação, e eu, mesmo sabendo da necessidade que ela tinha em dar mais atenção aos seus projetos particulares e aos seus próprios pacientes, pedi que permanecesse à frente da Secretaria Municipal de Saúde até a conclusão do planejamento das reformas do setor, que, hoje, ficou pronto.

É contrariando meu lado gestor que dessa vez aceitei seu pedido de exoneração, pois seria injusto prejudicar seus projetos particulares. Assim, doutora Ana Paula deixará a Secretaria Municipal de Saúde de Santo André a partir do dia 07 de dezembro de 2017.

Até lá, fará a devida transição com o novo secretário, que, em breve, será nomeado. Interinamente, o superintendente de Assuntos Institucionais e Comunitários, Carlos Bianchin, assume os trabalhos.

Deixo registrado, nesta oportunidade, meu agradecimento à Ana Paula, além de carinho e admiração por tudo o que ela fez pela Saúde de Santo André neste ano, marcando tempo em nossa cidade e na administração pública municipal.

Paulo Serra
Prefeito de Santo André



Educação pública de qualidade, eu acredito!

Por Luis Antonio Namura Poblacion, presidente da Planneta

A migração de alunos das escolas particulares para as públicas registra altas seguidas há alguns anos e em 2018 não será diferente. Um importante indicador que mostra que o fenômeno ainda está em ascensão são as inscrições para vagas nas redes de ensino municipal e estadual, que terminam em poucos dias, até mesmo horas, de acordo com a boa fama da instituição de ensino. Para ser ter ideia, só em São Paulo, o número de alunos que migrou para a rede pública aumentou em 25% em cinco anos. Esse aumento crescente se justifica não só pela crise econômica, que vem apertando o orçamento das famílias e mantendo a taxa de desemprego lá no alto; mas também pelos bons resultados no ensino de muitas escolas públicas. As mais procuradas pelos pais são justamente aquelas com melhor desempenho. E o sucesso dessas se espalha rapidamente.



Portanto, o principal desafio da educação pública, diante desse novo panorama, é o de aumentar a qualidade do ensino ofertado e manter a excelência nas escolas onde os bons frutos já aparecem e são reconhecidos. O Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB) tem apresentado resultados positivos crescentes ao longo dos anos. Em 2015, por exemplo, a média das notas nos anos iniciais do Ensino Fundamental foi 5,5. Mas a meta estipulada pelo Plano de Desenvolvimento da Educação (PDE) para 2022 é 6,0, média correspondente a um sistema educacional de qualidade comparável a de países desenvolvidos. Eu acredito que conseguiremos alcançá-la ou, pelo menos, chegaremos bem próximo. Mas, para isso, é fundamental que o poder público ofereça uma boa capacitação àqueles que exercem o papel mais importante em todo o processo de ensinar nossas crianças: os professores. Eles precisam ter acesso a uma metodologia atualizada de ensino, moderna e instigante, que contribua não só para transmitir os conteúdos didáticos tradicionais, mas que desenvolva também nos alunos tanto as habilidades cognitivas quanto as socioemocionais, a fim de contribuírem efetivamente na formação dos cidadãos do futuro.

Torna-se urgente modernizar a metodologia de ensino nas escolas públicas. O “ensino industrial” empregado há muitos anos já não é o mais adequado para transmitir o conhecimento, não supre todas as necessidades inerentes aos nossos alunos nativos digitais, em um mundo em que tudo muda num piscar de olhos. Nossos professores da rede pública devem acompanhar essa constante ebulição de novidades e, para isso, precisam de cursos de aperfeiçoamento profissional. As Secretarias de Educação têm de estar atentas e preocupadas com essa questão quando desenvolverem seus planos de trabalho para 2018.

Intensificar a formação profissional de educadores para que desenvolvam novas habilidades é o caminho para uma educação de qualidade na escola pública! Giz e quadro negro não são mais as ferramentas principais de um professor. Agora, ele precisa ser munido de recursos digitais, elementos lúdicos de aprendizagem e ferramentas diversas que permitam que ele também transmita ensinamentos de uma forma criativa, inovadora e fique tão antenado em temas atuais quanto seus alunos.

O Governo do Estado de São Paulo já deu um passo à frente, autorizando o uso de celulares em sala de aula em todas as escolas da rede estadual, como mais uma ferramenta de ensino e aprendizagem. Centenas de escolas de municípios do interior paulista também já contam com laboratórios de informática e fazem uso de diversos recursos tecnológicos, como tablets e aplicativos educativos para estimular o aprendizado das disciplinas.

A educação pública pode, sim, ser de qualidade! Basta que os governantes reúnam esforços em prol de nossas crianças, para que estejam preparadas para encarar o futuro que já bate à nossa porta.


sexta-feira, 1 de dezembro de 2017

Policia Militar faz apresentações a crianças de Santo André

Buscando a aproximação dos Policiais Militares com a sociedade, o Comando de Policiamento de Área Metropolitana Seis receberá neste sábado (2) as crianças da Associação de Deficientes Visuais “A Vida”, para o evento de confraternização de final de ano na sede do Centro de Formação de Soldados do CPA/M-6, situado no Cruzamento da Rua Ubatuba com a Rua Leão – V. Guiomar – Santo André

A comemoração terá início às 11h e terá várias atrações, dentre elas apresentação de Adestramento a ser realizada pelo Capitão PM Everaldo Zuliani; apresentação de patrulha de motociclistas do programa ROCAM e findará com a entrega de lanches.