quinta-feira, 24 de maio de 2018

Greve dos caminhoneiros afeta o ABC

Por Vivian Silva

Os caminhoneiros entraram nesta quinta-feira (24) no quarto dia de manifestações contra o preço elevado dos combustíveis. Com isso, a população já sente o efeito do desabastecimento de combustíveis e de alimentos em diversos estados, o que inclui o ABC.

Para a moradora de Santo André, Ana Cristina Soares, a situação é crítica. “Abasteci o meu carro no posto da Avenida Utinga (em Santo André – dia 23 de maio) e estava lotado e alguns motoristas chegavam de outros locais dizendo que já não há mais gasolina”. Além disso, ela também já sente o reflexo da paralisação na distribuição dos alimentos. “Ontem (22) mesmo fui ao mercado e paguei na batata R$ 4,50, já na sexta (18) estava R$ 1,99 o quilo”, comenta.

Motoristas fazem fila para abastecer os carros | Foto: Vivian Silva
A reportagem do Ponto Final andou pela cidade e pôde verificar a falta de combustível em vários postos. Na Rua Colúmbia, no 2º Subdistrito andreense, a fila de carros era intensa para abastecer na manhã desta quinta-feira (24) até o frentista, por volta das 10h30, avisar que o combustível havia acabado.

Procon

Com a escassez do combustível, muitos postos têm praticados valores abusivos. Assim, a Fundação Procon-SP orienta aos consumidores que denunciem por meio do portal www.procon.sp.gov.br práticas abusivas, previstas no Código de Proteção e Defesa do Consumidor (Seção IV, das Práticas Abusivas, art. 39 Inciso X).  É fundamental que o consumidor anexe à denúncia imagem do cupom fiscal, fotos ou demais itens que comprovem o fato.

Paralisação no ABC

O Sindicato Nacional dos Cegonheiros (SINACEG) contabiliza que seus 3.700 caminhões cegonha estão parados, sendo que no ABC são 1.500. O presidente do Sinaceg, Jaime Ferreira dos Santos, está em Brasília, para participar de todas as reuniões com os governantes. “A reunião desta quinta (24) é muito importante. Houve um pequeno avanço, mas ainda não atende às necessidades dos caminhoneiros”, afirma Ferreira.

Reunião 

Antes de viajar para Porto Real (RJ) e Belo Horizonte (MG), o presidente Michel Temer fez uma reunião para discutir o impasse em torno dos preços dos combustíveis, no Palácio do Planalto. A conversa ocorre no dia seguinte ao anúncio da Petrobras de redução de 10% no valor do diesel nas refinarias por 15 dias.

Porém, líderes dos caminhoneiros disseram ontem (23) que o anúncio da Petrobras não resolve o problema e que, assim, a paralisação continuará. Até o fechamento desta desta reportagem, a situação permanecia a mesma. (Com ABr).



Duas cidades do ABC entre as 20 de maior potencial de consumo do País

Por Vitor Lima

O ABC tem duas cidades no top 20 dos municípios com maior potencial de consumo do País. No ranking, Santo André figura na 17ª posição e São Bernardo do Campo vem logo atrás, na 19º colocação. Se levarmos em conta apenas o Estado de São Paulo, as cidades ocupas a quarta e quinta colocação, respectivamente, atrás apenas da capital, Guarulhos e Campinas.

Essa é a constatação do estudo IPC Maps 2018, realizado pela IPC Marketing Editora, que utilizou dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Fundação Getúlio Vargas e Ministério da Fazenda.
No ranking estadual, Santo André fica na quarta colocação | Foto: Júlio Bastos/PSA


No ranking nacional, Santo André subiu três posições em relação ao último levantamento. Na lista estadual, o município avançou duas posições. A pesquisa ainda aponta que o potencial de consumo em Santo André deve chegar a R$ 22 bilhões neste ano.

O prefeito da cidade, Paulo Serra, comemorou os resultados. “O bom desempenho mostra a força da nossa cidade para o desenvolvimento do ABC. Santo André está retomando a sua capacidade de crescimento e volta a ser destaque no cenário econômico nacional. Graças ao choque de gestão, recuperamos a credibilidade, voltamos a atrair investimentos e a gerar emprego e renda, despontando como o município que mais criou postos de trabalho na região em 2017”, afirma.

De acordo com a administração municipal, o crescimento deste potencial, analisado na pesquisa, está diretamente relacionado com o aumento de renda da população, fator relacionado com melhoria da atividade econômica desenvolvida na cidade.

São Bernardo logo atrás

Também em posição de destaque no levantamento, São Bernardo registra potencial de consumo de R$ 21,9 bilhões.

Na visão do prefeito Orlando Morando, o “poder público precisa ser um agente facilitador, pois assim o município ganha em muitas frentes”. Ainda de acordo com ele, sua gestão não deixará de “buscar mais mecanismos que valorizem a economia” de São Bernardo. “O resultado vai melhorar ainda mais”, promete.

Mauá sobe
A cidade do Mauá avançou no índice e ocupa agora a posição 49 no levantamento nacional, com potencial de consumo de RS 11,6 bilhões. No ranking estadual, o município fica na 13ª posição. Na pesquisa anterior, a cidade ocupava as posições 50 e 14.

Mais reflexos do estudo

A pesquisa publicada pela IPC apontou também que após um longo período de estagnação, as famílias brasileiras retomam os hábitos de consumo e devem movimentar R$ 4,4 trilhões na economia até o fim deste ano, o que significa um aumento real de 3% (variação de R$ 240,7 milhões) em relação a 2017. Com os recursos de volta ao bolso do consumidor, o empreendedorismo desacelera. A abertura de novas empresas passa a manter um padrão de crescimento, sobretudo sadio, compatível com a realidade atual.



Brasileiro está mais preocupado com Lava-Jato do que com a Copa do Mundo

Por Vitor Lima

“Atualmente o senhor(a) diria que está mais interessado(a) com o noticiário da Operação Lava-Jato ou com a Copa do Mundo da Rússia?” Esta foi a pergunta feita pelo Instituto Paraná Pesquisas, entre 16 e 19 de maio, a 2.170 brasileiros de todas as regiões do País.

O estudo constatou que a Copa do Mundo, pelo menos até o momento, não é a maior preocupação dos brasileiros – 77,7% responderam que têm mais interesse na Lava-Jato. A Copa do Mundo foi a resposta de 10,6% dos entrevistados, índice praticamente idêntico aos que responderam “Nenhum dos dois” (10%). Não souberam responder ou não opinaram representam 1,7% das respostas.



Boulos, pré-candidato à Presidência, visita Santo André

Da Redação

O pré-candidato à Presidência da República Guilherme Boulos (PSOL) esteve em Santo André, no último domingo (20), para participar de atividade organizado pelo diretório do partido na cidade.

Simpatizantes do pré-candidato e políticos da sigla prestigiaram o ato | Foto: Willians Martins
O líder do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) esteve junto dos pré-candidatos ao Senado Daniel Cara e Silvia Ferraro e da pré-candidata ao governo do Estado, Lisete Arelaro – todos do PSOL.

Em sua fala o pré-candidato Boulos denunciou as alianças fisiológicas que predominam na política brasileira e destacou a necessidade de fazer um governo para as maiorias e uma política econômica que leve em consideração as pessoas.

Segundo a agenda da pré-campanha, Boulos volta a região em 20 de junho para dialogar com estudantes da Universidade Federal do ABC (UFABC), no campus de São Bernardo do Campo.



Ônibus do ABC devem operar com frota reduzida

Por Diário do Transporte - Jessica Silva 

Os ônibus de Santo André vão operar com frota reduzida a partir desta sexta-feira, 25 de maio de 2018. Segundo informações da SATrans, que administra o sistema de transportes intermunicipais, as empresas terão apenas 65% dos veículos circulando nos próximos três dias.

A medida será necessária porque, segundo a SATrans, as empresas de ônibus da cidade não estão recebendo combustível, por conta da greve dos caminhoneiros.
Redução afetará atividades dos trabalhadores e empresas.

A medida vai afetar as empresas Guaianazes, Curuçá, ETURSA, Parque das Nações e Vaz, que vão operar com apenas 65% da frota programada para os três próximos dias: sexta (25), sábado (26) e domingo (26). Os horários da primeira e da última viagem não serão afetados.

Ainda de acordo com a SATrans, as empresas Suzantur e Urbana vão operar normalmente nos três dias.

SÃO BERNARDO DO CAMPO
A SBCTrans, empresa responsável pelo transporte municipal de passageiros de São Bernardo do Campo, no ABC Paulista, informou que a circulação dos ônibus está sendo reduzida nesta quinta-feira, 24 de maio, nos horários de menor demanda. O mesmo ocorrerá na sexta-feira.

“Como não podemos prever quando o abastecimento será normalizado, preferimos nos antecipar e garantir nesta semana aos clientes e usuários o padrão de qualidade dos serviços nos horários mais importantes e de maior demanda” – disse Milena Braga Romano, diretora executiva da SBCTrans, em nota enviada ao Diário do Transporte.

A frota da SBCTrans é de 420 ônibus. Segundo informações da SBCTrans, a redução do número de veículos em horários de menor demanda está sendo necessária por conta do menor abastecimento de combustível.

O mesmo está sendo feito com a frota de ônibus a diesel da Metra, que opera no Corredor ABD.

ABC PAULISTA
No ABC Paulista, empresas como Viação Guaianazes e Viação Vaz (Santo André), EAOSA (Mauá), Suzantur (Mauá e Santo André), Vipe – Viação Padre Eustáquio, Santa Paula e Tucuruvi (São Caetano do Sul), Viação Ribeirão Pires (Ribeirão Pires), Benfica (Diadema) Rigras (Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra), dizem que até o momento a circulação de ônibus é normal, mas há risco de falta de diesel a partir de amanhã.

Na Viação Riacho Grande, empresa de ônibus intermunicipais que circulam entre a Capital e o ABC Paulista, a frota foi reduzida em 10%, de acordo com informações da empresa.


EC São Bernardo do Campo contrata o meia-atacante Matheus Alves,

Por Asepress- Frederico Batalha

O EC São Bernardo anunciou, na tarde de terça-feira (22 de maio), em São Bernardo do Campo (SP), a contratação do meia-atacante Matheus Alves, de 19 anos (18 de novembro de 1998), que irá integrar, inicialmente, a equipe sub-20 e depois será alçado ao elenco profissional, visando à disputa da Série A-3 do Campeonato Paulista. A apresentação do reforço contou, entre outros, com as presenças do presidente, Felipinho Cheidde; Rafael Amaral, agente do atleta; e de André Brazolin, gestor do projeto Anjos do Esporte, que tem uma parceria com o clube para o trabalho social formativo, atuando com a humanização através do futebol.

André Brazolin, Matheus Alves e Felipinho Cheidde.
Foto: Kiko Ross/ASE
“A expectativa é grande, oportunidade de jogar em uma equipe que vem crescendo; espero contribuir com o que sei fazer, chegando para somar com os demais jogadores que formam o elenco. Minha expectativa é trabalhar forte para ajudar o EC São Bernardo a chegar aos seus objetivos e dar alegria aos torcedores”, comentou Matheus. 

“Dou boas vindas ao Matheus, que é um jogador jovem, mas já conta com boa experiência e tem a expectativa de um futuro promissor. Com certeza, será um reforço importante para a nossa equipe sub-20, que vem jogando o Campeonato Paulista e depois disputará a tradicional Copa São Paulo de Juniores”, completou Cheidde. 

Ao longo de sua carreira, Matheus, que é natural de São Paulo (SP), atou no CR Vasco da Gama, Sporting e Benfica (ambos de Portugal) e Santos FC. As suas principais características são: velocidade, o drible rápido e também a finalização. 

“Desejo sucesso ao Matheus neste novo estágio de sua carreira, agora vestindo a camisa do EC São Bernardo, uma equipe que evolui a cada temporada, graças ao trabalho eficiente e incansável do presidente Felipinho Cheidde e do vice-presidente Gigio Sareto, além da diretoria”, finalizou André Brazolin.


quarta-feira, 23 de maio de 2018

Copa do Mundo: Liberação de funcionário para assistir jogo não é obrigatória

Da redação

A menos de um mês para o início da Copa do Mundo 2018, que será realizada na Rússia, os brasileiros já planejam como assistirão  aos jogos da seleção. De acordo com o professor de direito do trabalho da Faculdade Presbiteriana Mackenzie Rio, Leandro Antunes, pela lei, as empresas não são obrigação a liberarem os funcionários para assistirem aos jogos, que serão durante a semana,  mesmo que sejam da seleção brasileira.

A Copa do Mundo começa em 14 de junho e vai até 15 de julho | Imagem: Reprodução
"O que muitas companhias estão fazendo é adotar um horário especial nos dias dos jogos mais importantes, como o do Brasil, por exemplo, para que os funcionários possam acompanhar, mas diante a necessidade de compensação dessas horas", explica.

Segundo Antunes, na empresa em que não tiver acordo, o empregado terá que trabalhar normalmente mesmo na hora das partidas do Brasil.

"Há casos em que os gestores podem abonar as horas não trabalhadas ou permitir uma compensação. A negociação é livre e vai de caso a caso. A nova legislação trabalhista permite essa flexibilização. Quando a negociação é feita diretamente com o patrão por meio de um acordo individual, a compensação das horas extras deve ser feita em no máximo de seis meses, mas se foi feita por meio de uma convenção coletiva, esse prazo passa para um ano", explica.

Já nos casos em que a empresa permite que o funcionário assista aos jogos nas dependências do local de trabalho e não gastem tempo com deslocamentos, geralmente, não é descontado esse tempo do empregado já que ele ficou à disposição das empresas.

"Nesse sentido, se acontecer algum imprevisto, o funcionário pode ser acionado para resolver o problema, mesmo na hora em que estiver assistindo à partida", finaliza.




Casal americano entra na Justiça para obrigar filho de 30 anos a sair de casa - e vence

Por BBC 

Os pais de um homem de 30 anos tomaram medidas drásticas para que seu filho finalmente fosse morar sozinho: eles o processaram.

De acordo com a documentação judicial, Michael Rotondo não ajudava com os custos da casa nem com as tarefas domésticas, e ignorou as ofertas de ajuda financeira de seus pais para que fosse viver em outro local.

Filho recusa pedido para deixar casa dos pais. 

Christina e Mark Rotondo dizem que seu filho, que voltou a morar com eles há oito anos após ficar desempregado e hoje adminstra um site, se recusava a sair mesmo após receber da família cinco cartas de despejo desde o início de fevereiro.

Michael argumentava que não havia recebido aviso prévio suficiente, alegando que um período de seis meses seria um tempo mais razoável preparar para a mudança

O casal entrou, então, com a ação na Suprema Corte do Condado de Onondaga, próxima de Camillus, cidade onde mora a família, no Estado de Nova York. O advogado dos Rotondo, Anthony Adorante, disse ao site Syracuse.com que seus clientes não encontraram outra forma de obrigar o filho a se mudar.

Você precisa trabalhar
"Após discutir o assunto com sua mãe, decidimos que você deve deixar essa casa imediatamente", disse o casal na primeira carta de despejo enviada ao filho, em 2 de fevereiro, segundo os documentos do processo.

Quando Michael ignorou a mensagem, seus pais redigiram uma ordem de despejo propriamente dita, com a ajuda do advogado. "Você está sendo despejado por meio desta", diz o documento assinado por Christina em 13 de fevereiro.

"Medidas legais serão tomadas imediatamente se você não se mudar até 15 de março de 2018." Michael não saiu.
O casal escreveu, então, uma nova mensagem em 18 de fevereiro, oferecendo US$ 1,1 mil (cerca de R$ 4 mil) para que ele saísse. O texto incluía alguns comentários pessoais sobre o filho.

"Há empregos disponíveis para aqueles com um histórico profissional ruim como o seu. Consiga um - você precisa trabalhar", disseram os pais.

Retaliação
Em 5 de março, eles redigiram uma nova carta lembrando do prazo estipulado: "Não notamos nenhum sinal de que você está se preparando para sair. Saiba que tomaremos as medidas necessárias para garantir que você saia de casa como foi ordenado."

No entanto, em 30 de março, mesmo que estivesse cada vez mais claro que Michael não tinha intenção de se mudar, eles tentaram por uma última vez, com uma carta em que mandavam que o filho removesse seu carro quebrado da entrada da casa.

Em abril, os Rotondo desistiram de tentar sozinhos e recorreram à Justiça local. Como Michael era seu parente, eles ouviram que teriam de recorrer à Suprema Corte para conseguir retirá-lo de casa.

De acordo com a emissora WABC News, Michael considerou a ação movida por seus pais como uma "retaliação" e pediu que a Corte rejeitasse seu pedido.

Nesta terça, o caso foi julgado, e o casal saiu vitorioso. O juiz ordenou que o filho saia de casa. Michael disse que a decisão é "revoltante" e entrará com recurso.


Miss Bumbum causa polêmica com "Fora Temer"

Rosie Oliveira, vencedora da última edição do Miss Bumbum Brasil, rouba a cena enquanto estampa duas capas internacionais exibindo a frase polêmica tatuada no corpo. O protesto foi destaque dos seus ensaios sensuais para a Playboy de Portugal e para a revista Twój Weekend, da Polônia

Brasileira é destaque em edições internacionais. 


Com a repercussão do caso nas redes sociais, a modelo e jornalista teve que enfrentar duras críticas dos internautas. “Estou indignada com a corrupção do país e sou a favor de uma reforma política. Quis protestar”, declara.

Protesto causa reação de internautas.

Sua participação no concurso do ano passado causou um alvoroço quando a representante amazonense subiu ao palco vestida de índia e exibiu a faixa com a frase “Fora Temer”.

Elogiada pela ousadia, o ensaio para a revista Playboy de Portugal foi focado no tema indígena, com fotos naturais, realizadas em um haras no interior de São Paulo. O resultado das revistas de Portugal e Polônia foi revelado neste mês de maio.

Festa de lançamento A modelo prepara a sua festa de lançamento para as capas internacionais. O evento está marcado para sexta-feira (25),  no Le Revê Club, em São Paulo.


terça-feira, 22 de maio de 2018

Ponto Final apresentará candidatos aos eleitores

Por Vitor Lima

Como é tradição do jornal Ponto Final em anos eleitorais, há mais de duas décadas, abriremos espaço em nossas páginas para uma ampla cobertura do cenário eleitoral, especialmente do ABC, para auxiliar os eleitores em suas escolhas.

Neste mês, iniciaremos a apresentação dos pré-candidatos do ABC aos cargos do Legislativo. Em uma série de entrevistas, apresentaremos o perfil e ideias dos postulantes aos cargos. O espaço está aberto a todos os pré-candidatos.

De maneira geral, os eleitores se preocupam muito na hora da escolha de seus candidatos ao Poder Executivo – Presidência da República, governo estadual e municipal – e não têm o mesmo cuidado na decisão de voto aos demais cargos.

Atualmente, quatro deputados estaduais representam o ABC na Assembleia Legislativa e dois deputados federais no Congresso Nacional. É pouco, se levarmos em consideração que as sete cidades têm aproximadamente 2,7 milhões de habitantes.

O baixo número de representantes prejudica o desenvolvimento da região, pois os parlamentares são os grandes responsáveis por conseguirem verbas federais e estaduais para serem aplicados em projetos nos municípios, conforme explica o advogado e vereador de Santo André, Eduardo Leite (PT).

“A gente paga um preço por não termos mais representantes. O ABC perde importância para o governo federal pela ausência de representantes na Câmara dos Deputados e em relação ao governo do Estado na Assembleia Legislativa”, afirma.

Na visão do parlamentar, a falta de uma emissora de TV aberta voltada à região faz com que população vote em candidatos da capital ou de outras regiões. “Nossos veículos de comunicação regionais, os jornais, as rádios e as TVs por sinal fechado, além das entidades representativas, podem compensar essa dificuldade que nós enfrentamos e contribuir muito para a nossa região”, aposta.

As entrevistas, com os pré-candidatos a deputado federal e estadual, poderão ser lidas na íntegra aqui, em nosso blog, e também em versões menores nas nossas edições impressas. Pré-candidatos interessados em participar das entrevistas devem entrar em contato pelo email redacao@pfinal.com.br.



segunda-feira, 21 de maio de 2018

FAPEN cria MBA em parceria com universidade americana

Por Vitor Lima

A Faculdade Pentágono (FAPEN) lançará, em 2019, uma nova opção de MBA voltada aos executivos do ABC. O “MBA Internacional em Estratégia, Liderança e Inovação” foi criado após uma pesquisa realizada com empresas da região e nasce para sanar demandas apontadas por empresários do ABC. As novidades foram apresentadas no último dia 15.

Após analisar as respostas de 164 empresários, os gestores da FAPEN constataram, entre outras coisas, que as competências mais importantes para as empresas são Capacidade de Trabalho em Equipe, Autogerenciamento, Responsabilidade Ética e Poder de Decisão.

Curso nasce para atender demanda das empresas do ABC | Foto: Thaysa Wandeur
Pensando nisso, o MBA foi criado sob três pelares: Gestão Estratégica, Liderança e Inovação. Mas o grande diferencial da pós-graduação é a parceria com a universidade americana Suffolk University Boston, que permitirá a obtenção de duplo diploma aos participantes.

A matriz curricular do curso foi planejada em parceria com as duas instituições. As aulas serão dividias em 12 módulos – destes, dois serão cursados em território americano e outros dois ou três serão cursados no Brasil, mas com docentes da instituição parceira –, com 360 horas de duração.
Carlos Rivera, diretor-geral da FAPEN, avalia que a iniciativa vai “muito além” do que já foi feito na região.

Roberto Lobo, ex-reitor da Universidade de São Paulo (USP) e um dos entusiastas do curso, explica que no Brasil a maioria dos cursos são planejados de dentro para fora. Ou seja, não leva em conta as demandas do mercado do trabalho.

Lobo aproveitou a ocasião para enaltecer os anseios inovadores da FAPEN. “Nós (brasileiros) estamos longe do desejável em inovação. Temos que lutar para que a inovação seja uma realidade”, afirma.

O representante da Suffolk, Carlos Rufin, ressalta as semelhanças entre o perfil das duas universidades. “Precisamos inovar e nos adaptar ao mercado de trabalho e suas demandas”, defende o educador.

Ainda não está definido quando começa o período de inscrições para o MBA, mas é certo que o número de discentes não será elevado – no máximo 30 alunos.

O acordo entre as duas instituições de ensino também prevê que alunos da universidade americana venham ao Brasil para aprender português na FAPEN e, ao mesmo tempo, para estagiar em empresas do ABC. Para viabilizar este ponto, há também um acordo com o Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE), que será a responsável por ligar alunos a empresas.



Consórcio encerra missão em Turim e avança em projeto

Da Redação

A segunda rodada da parceria entre o Consórcio Intermunicipal Grande ABC e a cidade de Turim, na Itália, terminou na quinta-feira (17) com previsão de avanços na gestão, por meio de transferência de tecnologia e cooperação mútua para melhorar a mobilidade na região. O intercâmbio é realizado por meio do Programa Internacional de Cooperação Urbana (IUC), desenvolvido pela União Europeia (UE), possibilitando aos seis municípios consorciados desenvolver programas de políticas públicas, de forma integrada à cidade italiana, até 2020.

O grupo que visitou a cidade italiana foi liderado pelo vice-presidente do Consórcio e prefeito de Santo André, Paulo Serra. “A missão de cooperação técnica entre a região do ABC, via Consórcio Intermunicipal, e a cidade de Turim chega ao fim de maneira muito produtiva e inspiradora”, afirma o prefeito.
Visita da delegação brasileira foi viabilizada por projeto da União Europeia | Foto: Divulgação

A agenda do último dia de visitas técnicas incluiu uma reunião com a presidente da Agência Piemontesa de Mobilidade, Cristina Pronello. O órgão é considerado um modelo de governança unificada para a regulação, gestão e monitoramento da mobilidade na região metropolitana de Turim, de Piemonte e demais cidades do entorno.

“O formato de centralização dos assuntos de interesse comum e políticas públicas para a discussão unificada parece o mais adequado para garantir a sustentabilidade do sistema de Mobilidade e a eficiência na prestação de serviços”, explica Paulo Serra.

A partir deste encontro, foi feito um balanço para nortear o desenvolvimento do plano de trabalho que será apresentado aos prefeitos, durante a Assembleia Geral do Consórcio, com o objetivo de estabelecer o escopo do projeto a ser entregue em outubro ao bloco europeu para captação de recursos. Nas próximas semanas, serão realizadas reuniões de trabalho por meio de videoconferência entre as equipes técnicas do ABC e de Turim, com a participação do coordenador do IUC, Stefan Unseld.

Também integraram a delegação do Consórcio técnicos das prefeituras consorciadas e empresários da região envolvidos com projetos de mobilidade.

Na primeira etapa da cooperação, uma delegação de Turim esteve no Grande ABC no final de fevereiro para iniciar o plano de parceria entre italianos e brasileiros. Por meio de uma ação do escritório de Brasília, o Consórcio venceu a concorrência entre mais de 200 projetos internacionais para participar da iniciativa.



sábado, 19 de maio de 2018

Prefeitura de Ribeirão Pires entrega imóvel a lar de idosos

A instituição de longa permanência Viva Bem a Idade que Tem, que atua desde 1999 em Ribeirão Pires, inaugurou na manhã deste sábado, dia 19, nova sede, situada na Vila Belmiro. O imóvel, onde anteriormente funcionou o Lar Frederico Ozanam, foi concedido pela Prefeitura em março desse ano. A partir da formalização, a Viva Bem reduzirá despesas com locação, o que possibilitará a ampliação dos investimentos em atividades recreativas e nas equipes de atendimento aos assistidos.

Prefeito Kiko inaugura nova casa que abrigará idosos.
“Apoiamos todos os projetos sociais desenvolvidos e colocados em prática por pessoas e instituições comprometidas com Ribeirão Pires e nossos moradores. A Viva Bem a Idade que Tem é uma instituição séria e transparente, que cuida com muito carinho de seus assistidos, e isso foi avaliado para que a concessão fosse efetivada. É este espírito de solidariedade e de amor ao próximo que nos motiva a seguir lutando para garantir mais qualidade aos serviços públicos. Agradecemos à Câmara Municipal por entender a importância da concessão e a todos os envolvidos neste belíssimo trabalho”, declarou o prefeito Adler Teixeira - Kiko.

O presidente do Conselho Municipal do Idoso, Hélio José de Camargo, falou sobre essa conquista para o trabalho desenvolvido pela Viva Bem a Idade que Tem. “Acompanhei cada passo da concessão deste local, que tem fins muito nobres. No dia de hoje, os idosos venceram”, disse.

Danilo Branco Galego, presidente da Viva Bem, agradeceu ao prefeito Kiko e equipes da Prefeitura pelo apoio às ações que realizam no município. “Somos gratos pela oportunidade de mostrar à cidade o nosso trabalho. Aproveito este momento para agradecer, ainda, a todos aqueles que trabalham conosco e contribuem com as atividades da instituição”, afirmou.

Logo após a cerimônia de inauguração da nova sede, que contou com apresentação musical do grupo Mary Speers, autoridades e convidados conheceram as acomodações da casa e participaram de almoço preparado pela equipe da Viva Bem.

O prefeito Kiko, acompanhado da primeira-dama Flávia Dotto, do vice-prefeito Gabriel Roncon, da secretária de Assistência e Desenvolvimento Social, Elza Iwazaki, e membros da Viva Bem, almoçou ao lado de Darcy, uma das moradoras da casa e que fez o convite para o estrogonofe servido ao prefeito e aos participantes da inauguração.

Sobre a Viva Bem a Idade que Tem
Agora situada na Rua Salvador Mano, 57, Vila Belmiro, a instituição atende 30 idosos – homens e mulheres – em sistema de longa permanência. A nova sede, anteriormente ocupada pelo Lar Frederico Ozanam, possui estrutura melhor adaptada para o atendimento de seus moradores. Para a mudança, pequenos reparos e reformas foram realizadas.

A Viva Bem conta com quartos, sanitários, sala de convivência e estrutura para o preparo da alimentação e para a realização das atividades diárias das equipes. O espaço também conta com jardim e fonte, sala de cinema, salão de beleza e áreas para eventos que contribuem com o projeto social desenvolvido no local, a exemplo de bazar permanente.

Por meio de convênio com a Prefeitura, a Viva Bem a Idade que Tem atende desde 1999 moradores da terceira idade em situação de vulnerabilidade. “Grande parte deles não tem mais familiares”, explicou Elza Martins, assistente social da entidade. No local, são oferecidos serviços como atendimento médico, de enfermagem, de fisioterapeuta, de terapia ocupacional, psicólogos, além dos cuidados com alimentação, assistência social e acolhimento dos assistidos.


sexta-feira, 18 de maio de 2018

Projeto proíbe fechamento repentino de unidades de saúde em Santo André

Da Redação

Aprovado na semana passada pela Câmara Municipal de Santo André, o Projeto de Lei 256/2017 de autoria do vereador Eduardo Leite (PT) proíbe que unidades de saúde sejam fechadas sem prévia comunicação e justificativa.

Prefeitura andreense fechou sete unidades de saúde em 2017
sem informar a população | Foto: Divulgação
A proposta determina que qualquer ação nesse sentido seja comunicada ao Conselho Municipal de Saúde e publicada no Diário Oficial com trinta dias de antecedência. “Tivemos que criar esse projeto depois que a Prefeitura fechou repentinamente sete unidades de saúde, pegando todo mundo de surpresa”, explica o vereador.

No primeiro semestre do ano passado a Prefeitura interrompeu as atividades nas unidades de saúde da Vila Humaitá, Jardim Bom Pastor, Campestre, Parque das Nações, Parque Novo Oratório, Centro de Especialidades III (Vila Vitória) e a UPA Jardim Santo André. “Isso aconteceu da noite para o dia. A justificativa de reforma e das unidades só foi transmitida dias depois. Não houve tempo para que a população pudesse se adaptar. Até mesmo os funcionários foram surpreendidos. Isso não pode mais acontecer”, completa o parlamentar.

O projeto depende agora da sanção do prefeito Paulo Serra para ser transformado em lei.


quinta-feira, 17 de maio de 2018

Jardim Irene será beneficiado com serviços antienchente

Da Redação

A rua Caminho dos Vianas e parte da rua dos Ciprestes, no Jardim Irene, vão receber 311 metros de galerias de águas pluviais, construídas pelo Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André (Semasa), para melhorar a captação e o escoamento das águas de chuva que percorrem nas vias.
Foto: Divulgação

Com as novas tubulações de concreto, que têm diâmetro de 0,50, 0,60 e 0,80 metro, também serão construídos nove poços de visita e 25 bocas de lobo, além de reformados 66 metros de sarjetas. A previsão é de que as intervenções terminem em junho.

O Semasa investiu cerca de R$ 1,2 milhão para a realização desses serviços de drenagem, que também fazem parte do pacote de intervenções do Piscinão do Jardim Irene, que está sendo construído na Caminho dos Vianas. 

O equipamento, que vai ser entregue à população ainda este ano, terá capacidade para armazenar até 18.800 m³ de água – o equivalente a sete piscinas olímpicas –, beneficiando cerca de 40 mil moradores do próprio Jardim Irene, da Vila João Ramalho e parte do Jardim Guarará.



Começa amanhã a Feira de Móveis da Jurubatuba

Da Redação

Maior evento de móveis e decoração do Brasil, a 11ª Feira da Jurubatuba, em São Bernardo do Campo, será oficialmente aberta nesta sexta-feira (18), com apoio institucional da Prefeitura. O evento contará com participação de 55 lojas, que disponibilizarão artigos moveleiros e decorativos com descontos especiais até o próximo dia 27 de maio. A via contará com sistema de Rotativo liberado nos dois sábados de realização do evento, além de Festival Gastronômico aos finais de semana, com presença de Food Trucks.

Atração segue até o dia 27, com 55 lojas participantes
 e centenas de artigos em promoção | Foto: Gabriel Inamine
Além de oportunidade para quem está buscando artigos para montar ou redecorar a casa e o escritório, a feira é importante ferramenta de aquecimento das vendas do setor moveleiro da cidade. A expectativa dos lojistas participantes é receber cerca de 50 mil pessoas e obter, ao longo dos 10 dias de evento, o faturamento relativo a dois meses de operação, o que representa incremento de 40% nas vendas.

“A Feira de Móveis da Jurubatuba já é tradição em São Bernardo e de grande relevância para um setor vital do município, que é o moveleiro. A expectativa do comércio é de aumento nas vendas e por isso há investimento na geração de empregos temporários, diretos e indiretos”, destaca o prefeito Orlando Morando. Estima-se que cerca de 150 vagas são geradas a cada edição do evento.

Outro importante ganho para cidade é o aumento da taxa de ocupação das redes hoteleiras –uma vez que há grande adesão de moradores de cidades vizinhas e da Grande São Paulo –, e o aumento na movimentação dos roteiros gastronômicos e de bares do município.

Apoiadora do evento, a Prefeitura disponibilizará o tradicional tapete vermelho na calçada da Rua Jurubatuba, além de apoio no trânsito e reforço na iluminação pública. Para auxiliar na organização do evento, agentes de trânsito e Guardas Civis Municipais (GCM) serão destacados para atuação no local. As lojas ficarão abertas ao público diariamente sempre das 10h às 21h.



quarta-feira, 16 de maio de 2018

Centro Cívico é tombado como patrimônio cultural municipal

Da Redação

O Centro Cívico de Santo André, construído nas décadas de 1960 e 1970, se tornou patrimônio cultural municipal. O local foi tombado pelo Conselho Municipal de Defesa do Patrimônio Histórico, Artístico, Arquitetônico-Urbanístico e Paisagístico de Santo André (COMDEPHAAPASA). O espaço já é considerado patrimônio pelo Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico do Estado de São Paulo (Condephaat) desde 2013. O decreto de tombamento, com a homologação do prefeito Paulo Serra, foi publicado no início do mês.

Vista panorâmica de Santo André, década de 1970 | Coleção Manoel
Telles. Acervo Museu de Santo André Dr. Octaviano Armando Gaiarsa

O processo de tombamento municipal estabelece série de diretrizes de preservação para as partes internas e externas das edificações do conjunto do Centro Cívico, que devem manter suas características originais. Também há indicações específicas para os prédios da Câmara Municipal, do Fórum, do Teatro Municipal, bem como para o tríptico do saguão do teatro, a tapeçaria do salão nobre do edifício do Executivo, o piso de mosaico português, os jardins, o espelho d’água e a estátua de João Ramalho.

Importância do tombamento

Segundo o vice-presidente do COMDEPHAAPASA, Marco Moretto, o tombamento é importante pois oficializa algo que já é reconhecido pelos cidadãos como um bem cultural andreense. “O tombamento contribui para destacar um bem cultural já reconhecido pelos cidadãos e para poder difundir elementos de referência do local, como os projetos de Rino Levi, Roberto Burle Marx e Jorge Bonfim”, diz.

Fórum, Câmara, Prefeitura e Teatro compõem o Centro Cívico | Foto: Júlio Bastos/PSA
Ainda segundo Moretto, quanto mais próxima é a instância de tombamento do bem, mais específico e detalhado ele será. Portanto, o tombamento feito pelo COMDEPHAAPASA levou em consideração todos os elementos que compõem o Centro Cívico e a referência do local como espaço de convivência para a população. Com maior abrangência e mais específico que o tombamento feito pelo Condephaat, o tombamento municipal abrangeu também as áreas internas, bem como as obras de arte, como a tapeçaria do salão nobre e o tríptico de Burle Marx.

Histórico 

De acordo com o processo de tombamento, o local escolhido para as festividades do IV Centenário de Santo André, em 1953, recebeu posteriormente o Centro Cívico. A obra integra os processos de transformação e modernização do Estado de São Paulo na segunda metade do século passado. O espaço expressa, em uma praça cívica, a ideia de uma cidade moderna como concepção urbanística de utopia democrática. Trata-se de um projeto inteligente de aproveitamento de terreno, intercalando edifícios e área livre, articulados em um conjunto de vários planos e praças intermediárias, sem utilização de aterros.

Vista aérea do Paço Municipal de Santo André, década de 1960 | Foto e Coleção
Octaviano Armando Gaiarsa.  Acervo Museu de Santo André Dr. Octaviano Armando Gaiarsa

Ainda de acordo com o processo, o projeto do Paço Municipal, desenvolvido entre 1965 e 1968 pelo escritório do arquiteto Rino Levi, em colaboração com o paisagista Roberto Burle Marx, resultou em uma concepção harmônica e exemplar de arquitetura pública que se afirmou na década de 1970. No local encontra-se também o Fórum, que tem projeto da equipe do arquiteto Jorge Bomfim. O conjunto, mais que um símbolo arquitetônico reconhecido, é um espaço de convivência do cidadão, conforme desejavam desde o início os personagens envolvidos em sua construção.

Por tudo isto, o processo considera que a permanência do espaço na paisagem, a inserção na memória local e a relação desse conjunto com o desenvolvimento da cidade são elementos fundamentais para sua preservação.



Sabina tem primeira estação de captura de imagens de meteoros do ABC

Da Redação

Aproximadamente 20 meteoros cruzam o céu de Santo André por semana. O levantamento inédito está sendo feito pelo Planetário e Cinedome de Santo André,  localizado na Sabina Escola Parque do Conhecimento, que passou a contar com uma estação de captura de imagens de meteoros, a única no ABC.

“Embora a maioria das pessoas não imagine, toneladas de meteoritos caem no nosso planeta diariamente. Os meteoros, quando chegam ao solo, são chamados de meteoritos. A maioria cai no mar, nos pólos ou nas matas, e muitos se desintegram quando entram na atmosfera. Mas é possível que alguns caiam em áreas habitadas”, explica o coordenador científico do Planetário, o astrônomo Marcos Calil.

Foto: Júlio Bastos/PSA
Com a novidade, o Planetário de Santo André passa também a atuar como centro de estudos e pesquisas e pólo para disseminação de informações. “Até agora, ninguém mensurou a quantidade de meteoros que cortam o céu de Santo André, ou mesmo da região. Nós somos o primeiro centro de captação de imagens de meteoros do ABC”, destacou. A captura das imagens é feita por uma câmera de segurança convencional adaptada para essa função, apontada para o céu, instalada sobre o Núcleo de Observação do Céu, que fica na área externa da Sabina. As imagens captadas são enviadas diretamente para o computador equipado com o software UFO Capture, que faz foto e vídeo de objetos que possam ser meteoros.

Toda semana, o astrônomo seleciona as imagens e as envia para a Bramon (Brazilian Meteore Observation Network), organização a qual o Planetário aderiu para a realização desse projeto. A Bramon é uma organização sem fins lucrativos, cuja missão é desenvolver e operar uma rede para o monitoramento de meteoros, com o objetivo de produzir e fornecer dados científicos à comunidade através da análise de suas capturas, que são realizadas por estações de monitoramento. Existem 17 estações no estado de São Paulo, em um total de 115 estações de captura no Brasil, conectadas à Bramon.

As imagens enviadas para a Bramon são cruzadas com as imagens detectadas em outras estações do país, e principalmente as de Rio Claro e Campinas, que têm câmeras que fazem triangulação com Santo André. “Por meio destas pesquisas já foram descobertos novos radiantes, ponto onde se originam chuvas de meteoros. Para pesquisa em ciência isso é muito valioso,  porque através de uma imagem de meteoro é possível  descobrir sua velocidade, composição química, e origem. Se é de um cometa, se é de Marte, se é da Lua, e até a quantidade de brilho”, afirmou Marcos Calil.

Calil acrescenta que o software também é capaz de saber onde o meteoro caiu. E se for por perto, a equipe do Planetário pode ir buscar e encaminhar para o Observatório Nacional, que tem a capacidade para estudar o meteorito, confirmar se é verdadeiro, fornecendo inclusive um atestado de veracidade e um registro. “Se alguém achar um objeto que ele desconfia ser um meteorito e não uma rocha convencional, a pessoa pode trazer até o Planetário. Nós estamos capacitados para identificar os meteoros, diferenciando-os das rochas e pedras. E os levamos para análise, certificação e até obtenção de uma estimativa de valor”, explicou Calil.

Exposição – As imagens de meteoros nos céus de Santo André, obtidas pela câmera da estação de captura, serão transmitidas em vídeo na exposição “Rochas Celestes”, que estará no Planetário e Cinedome de Santo André até 28 de outubro. A mostra apresenta 14 meteoritos encontrados no Brasil e em outros continentes e responde perguntas como se um meteorito já caiu sobre uma pessoa, qual o valor de um meteorito e como observar uma chuva de meteoros.

Estas e outras curiosidades serão apresentadas na exposição, através de painéis e totens com fotos e vídeos relacionados a estes eventos. Também fazem parte da exposição, conteúdos sobre meteoros, asteróides e chuvas de meteoros. “O objetivo principal da exposição é a divulgação da ciência meteorítica no Brasil. Esta ciência é muito importante para entender a origem do Sistema Solar, a formação dos planetas, as extinções em massa das civilizações antigas, entre outros estudos”, afirmou o astrônomo Marcos Calil.



OAB renova parceria com Câmara de Arbitragem da ACISA

Da Redação

A Associação Comercial e Industrial de Santo André (ACISA) anunciou ontem (15) a renovação da parceria com a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) - 38ª subseção de Santo André para manutenção da Câmara de Mediação, Conciliação e Arbitragem, em funcionamento em suas instalações.

A formalização da parceria ocorreu no último dia 11 de maio, com a presença do presidente da Subseção da OAB Santo André, Roberto Pereira Gonçalves, da advogada Simone Fusari - nova diretora executiva da Câmara, além do presidente da ACISA, Pedro Cia Junior, do vice-presidente Evenson Robles Dotto e do superintendente Ademir Gasparetto.

Evenson Robles Dotto, Simone Fusari, Pedro Cia Junior,
Roberto Pereira Gonçalves e Ademir Gasparetto | Foto: Divulgação

De acordo com a advogada Simone, a Câmara de Mediação, Conciliação e Arbitragem inaugura uma fase de renovação. “O primeiro passo foi reformular e ampliar o quadro de colaboradores. Agora são nove especialistas, uma estagiária e três peritos das áreas de imobiliária, contabilidade e financeira, que darão um novo oxigênio aos nossos trabalhos”, explica.

O passo seguinte será ampliar a divulgação dos benefícios para as pessoas físicas e jurídicas, proporcionados pela Câmara. Para isso, serão criadas ações específicas e uma delas será a realização de palestras explicativas voltadas aos empresários.

Hoje, a Mediação é indicada para solucionar conflitos de esfera cível e ganhou grande força por conta do novo Código de Processo Civil (NCPC) e da lei 13.129/2015, que tratam do tema  e colocam a Câmara com um importante instrumento para solução de litígios sem a participação do Estado.

Todas as decisões arbitradas têm força de sentença transitada em julgado e são executáveis e entre as vantagens estão o sigilo das operações; desburocratização; maior velocidade – já que a lei estabelece que todos os litígios sejam solucionados no prazo máximo de 180 dias e menor custo para as partes envolvidas, bem como menor desgaste no relacionamento.

Considerada uma das associações mais antigas e tradicionais do estado, com 80 anos de fundação, a ACISA possui cerca de 4 mil associados e a atual diretoria trabalha de forma voluntária em prol do empresariado e desenvolvimento econômico regional do Grande ABC.


Aposentadoria agora será por telefone ou internet

Da Agência Brasil

A partir de segunda-feira (21), o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) vai encurtar a distância entre o segurado e o benefício. Ao acessar pela internet o portal www.meu.inss.gov.br ou ligar para o 135, ao invés de agendar uma data para ser atendido, o segurado receberá direto o número do protocolo de requerimento, eliminando a etapa do agendamento. A medida vale inicialmente para os benefícios de salário maternidade e aposentadoria por idade urbanos



É o fim, aos poucos, do modelo convencional em que o segurado agenda uma ida ao INSS para levar documentos e formalizar o pedido. Agora, ao fazer o pedido, o cidadão acompanha o andamento pelo Meu INSS ou pelo telefone 135 e, somente se necessário, será chamado para ir à agência do INSS.

Nos casos em que as informações previdenciárias necessárias para o reconhecimento do direito já constarem nos sistemas do INSS, será possível então a concessão automática do benefício, isto é, a distância.

Com a mudança, não haverá mais falta de vaga e, caso precise ir a uma agência para apresentar algum documento, o cidadão terá a garantia de ser atendido em uma agência perto da sua residência. Além do mais, a mudança representa o fim do tempo de espera para ser atendido.

E com a ampliação da concessão automática, a tendência é que o tempo de análise dos benefícios seja reduzido, ou seja, os cidadãos poderão saber a resposta mais rapidamente. Em breve, outros benefícios também passarão a ser solicitados dessa forma.

Seu INSS
O Meu INSS já tem mais de sete milhões de usuários cadastrados e é acessível pelo computador ou celular.

Estão sendo investidos esforços para melhoria do Meu INSS: canal que permite ao cidadão acompanhar o andamento do seu pedido sem sair de casa, consultar extratos e ter acesso a outros serviços do INSS.

E, a partir do dia 24 de maio, vários serviços que antes eram atendidos somente no atendimento espontâneo agora serão realizados com dia e horário marcados, bastando fazer seu agendamento pelo Meu INSS ou telefone 135. Confira a lista dos novos serviços agendáveis abaixo.

Lista dos Serviços que passarão a ser agendáveis:

Atualizar dados do Imposto de Renda – Declaração de Saída Definitiva do País

Atualizar dados do Imposto de Renda – Retificação de DIRF

Atualizar dados do Imposto de Renda – Atualização de dependentes

Atualizar dados cadastrais do beneficiário

Alterar meio de pagamento

Cadastrar Declaração de Cárcere

Transferir Benefício para outra Agência

Desistir de Aposentadoria

Cadastrar ou Renovar Procuração

Cadastrar ou Renovar Representante legal

Reativar Benefício

Renunciar cota de Pensão por Morte ou Auxílio-Reclusão

Solicitar Valor não Recebido até a Data do Óbito do Beneficiário

Cadastrar ou atualizar dependentes para Salário-família

Suspender Benefício Assistencial à Pessoa com Deficiência para inclusão no mercado de trabalho

Reativar Benefício Assistencial à Pessoa com Deficiência suspenso por inclusão no mercado de trabalho

Solicitar Pagamento de Benefício não Recebido

Desbloqueio do Benefício para Empréstimo

Emitir Certidão para saque de PIS/PASEP/FGTS

Emitir Certidão de Inexistência de Dependentes Habilitados à Pensão por Morte



terça-feira, 15 de maio de 2018

Edital prevê reforma no terminal Vila Luzita, novos ônibus e melhorias na Mário de Toledo

Por Vitor Lima

A SATrans, autarquia municipal que gerencia o transporte coletivo em Santo André, publicará até o fim do mês o edital para definir a empresa de ônibus que atenderá a região da Vila Luzita. A vencedora da licitação terá que realizar diversos investimentos que proporcionarão maior conforto aos passageiros, conforme exposto pelo prefeito Paulo Serrra em entrevista coletiva na última quinta-feira (10).

Desde o fim de 2016, a empresa que presta serviços à região é a Suzantur, que firmou contrato emergencial com a Prefeitura após a Expresso Guarará decretar falência. O próprio prefeito admite que se trata de "um contrato emergencial precário", feito sem o devido planejamento.

Dentre outras melhorias, terminal receberá iluminação natural | Foto: Ricardo Trida/PSA
Entre as exigências aos vencedores do certame, constam uma ampla reforma do Terminal da Vila Luzita, reformas todos os pontos de paradas, reconstruir a estação localizada na altura da rua Amaro e construir uma nova, na altura da rua Xavantes, além de recapear por completo o corredor e a avenida Capitão Mário Toledo de Camargo.

O edital garantirá a incorporação de 81 veículos à frota - aqueles que atenderão as linhas troncais serão 0 km e os demais deverão ter até cinco anos. Todos deverão dispor de ar-condicionado e wi-fi. A empresa vencedora irá operar as 15 linhas que já atendem a região, mais uma nova que será criada - mais uma opção para ligar o Parque do Pedroso ao terminal.

Terminal deverá ficar assim; pontos da região contarão com novo modelo,
com painéis de informações aos usuários | Imagem: Divulgação/PSA
O trabalho para a concretização do projeto final do novo terminal começou em 2017, com um aprofundado estudo de medição do transporte público da cidade, com a realização da pesquisa origem e destino. Para a execução deste trabalho foi contratada uma empresa de consultoria em transporte público, que diagnosticou as características do sistema.

“Fizemos um trabalho complexo, para que tudo pudesse ser encaixado dentro de uma viabilidade econômica para a cidade. A pesquisa origem e destino apontou os impactos desta obra, quais intervenções seriam necessárias e o comportamento das vias que chegam a este corredor”, aponta Serra.

A empresa vencedora da licitação, que será realizada na modalidade concorrência pública, poderá operar as atividades do terminal e do corredor de ônibus por 20 anos, que poderão ser prorrogados por mais cinco.

O grupo vencedor deverá concluir as reformas no terminal em 12 meses a partir da assinatura do contrato. Para a entrega do novo padrão de paradas, melhorias na Avenida Capitão Mário de Toledo de Camargo e demais exigências, o prazo será de 18 meses. Em caso de descumprimento dos prazos, as empresas serão penalizadas de acordo com punições que constarão em contrato.



Executivo é homenageado pela Associação de Ex-Combatentes

Por Vitor Lima

No último sábado (12), a Associação dos Ex-Combatentes do ABCDMRR organizou solenidade Cívico-Militar para comemorar o fim da 2ª Guerra Mundial, há 73 anos. Participaram da comemoração os Tiros de Guerra de Santo André, São Bernardo do Campo e São Caetano do Sul. A solenidade ocorreu na sede da Associação, na Vila Guiomar, em Santo André.

Garófalto (esquerda) entrega diploma e medalha a Voltolini | Foto: Oritia Abreu Serafim
Durante a ocasião, o presidente da Associação e segundo tenente veterano da Força Expedicionária Brasileira (FEB), Miguel Garófalo, concedeu ao executivo de contas do jornal Ponto Final, Gilson Voltolini, o diploma e medalha da Força Expedicionária do ABCDMRR.

Como descrito no diploma, Voltolini recebeu as honrarias “em reconhecimento pela dedicação, serviços prestados à Associação e ao culto da epopeia da Força Expedicionária Brasileira na Segunda Guerra Mundial”.



segunda-feira, 14 de maio de 2018

Entidade lança a campanha “Não foi acidente”


Da Redação

A Sociedade Brasileira de Atendimento Integrado ao Traumatizado (SBAIT) está lançando a campanha “Não foi acidente!”. O objetivo é conscientizar os motoristas sobre suas decisões e responsabilidades em ocorrências de trânsito. A campanha, que será veiculada nas redes sociais, faz parte das ações da entidade para o Maio Amarelo.

Com os temas “Não foi acidente, se você ultrapassou em local proibido”, “Não foi acidente, se você bebeu antes de dirigir”, “Não foi acidente, se você mexeu no celular enquanto dirigia” e “Não foi acidente, se você dirigia sem cinto”, a SBAIT quer mostrar para as pessoas que todas as ocorrências de trânsito poderiam ser evitadas com prevenção e responsabilidade.

“A doença Trauma é a terceira causa de morte no Brasil, e a primeira causa de morte entre pessoas na faixa etária de 15 a 29 anos”, lembra o presidente da SBAIT, José Mauro da Silva Rodrigues. “Boa parte dos casos de Trauma é resultado de ocorrências de trânsito, por isso, decidimos fazer esta campanha, a fim de lembrar os motoristas que boas atitudes são fundamentais no trânsito”, completa.

De acordo com Rodrigues, 100% dos casos de trauma poderiam ser evitados. “A imprudência é o maior problema. As pessoas nunca acham que vai acontecer com elas e abusam. Usam o telefone enquanto dirigem, ultrapassam em locais proibidos, consomem bebida alcoólica antes de dirigir, não fazem manutenção no veículo, enfim, poderíamos ficar horas citando situações que deveriam ser evitadas e, consequentemente, reduziriam o número de ocorrências no trânsito”, afirma. “O Trauma acaba com vidas, destrói famílias inteiras, deixa milhares de sequelados. Já passou da hora de as pessoas entenderem que são as suas atitudes que farão diferença”, destaca.

De acordo com informações do DataSUS, em 2015, o Brasil registrou 152.136 mortes por traumas (causas externas). Deste total, 39.543 foram causadas por ocorrências de trânsito. “São números alarmantes. Mais de 100 pessoas morrem por dia no trânsito brasileiro. Isso sem contar na quantidade de gente que fica ferida ou com graves sequelas. É imprescindível investirmos em campanhas de prevenção.”, reforça Rodrigues. No Estado de São Paulo, o Trauma matou 23.450 pessoas em 2015, sendo 6.270 no trânsito.

A campanha da SBAIT está totalmente ligada ao tema do Maio Amarelo deste ano: “Nós somos o trânsito”. Em sua 5ª edição, o Movimento quer fomentar as discussões sobre a necessidade de redução do número de mortes e feridos graves no trânsito, lembrando que todos nós somos responsáveis pelos nossos atos.



O acidente com Edifício Wilton Paes de Almeida poderia ser evitado?

Por Valdirene da Rocha Pires*

Muito se tem falado (na mídia e nas redes sociais), sobre o incêndio que levou ao desabamento do Edifício Wilton Paes de Almeida, localizado no Largo do Paissandu, em São Paulo. O incidente que deixou, segundo informações dos noticiários, 146 famílias desabrigadas e pessoas ainda desaparecidas, marcou o dia 1º de maio, data em que se comemora o dia do trabalho no Brasil.

Entre os diversos tipos de comentários e leituras sobre o acidente, é possível encontrar, por um lado, opiniões que culpabilizam as famílias e o próprio movimento de luta por moradia por terem ocupado o prédio sem a priori, condições de habitabilidade e, por outro, os que conseguem ler nesta tragédia a real situação da ausência de condições ao acesso à moradia pelas camadas mais pobres no País.

Mas o que leva estas famílias a ocupar um prédio supostamente condenado? Por que elas não foram morar em outro local, mais seguro?

Diante de tantas especulações acerca do que poderia ter sido feito para evitar o acidente, ou ainda, quem seriam os culpados, o que se pode considerar é que a ocupação do Edifício Wilton Paes de Almeida, e de tantos outros imóveis ocupados de forma precária em diversas cidades do Brasil, é um reflexo da formação social desigual histórica do Brasil. E, sim, os desdobramentos deste quadro de desigualdade levam milhares de famílias a, como única alternativa, ocuparem espaços com pouca ou sem nenhuma condição de morar. Isso não é uma escolha, mas a falta dela!

Assim como a alimentação e a saúde, a moradia é uma necessidade humana, pois, além se ser um abrigo, é também um local de identidade e privacidade. Nesse sentido, a ocupação do Prédio no Largo Paissandu materializa a luta por espaço, como forma, ainda que precária, de suprir uma necessidade humana. Esta forma de ocupar vazios urbanos é também meio de se efetivar um direito garantido tanto na Constituição Federal de 1988, quanto no Estatuto da Cidade, trata-se do direito à moradia.

Ocorre que, o direito de morar não se resume apenas a ocupar ou fazer o uso de uma unidade habitacional. Outras necessidades devem ser supridas, como o acesso à água tratada, à energia elétrica, ao transporte, às políticas de saúde, de educação. Em uma situação de ocupação, esses itens também tendem a ser providos de forma improvisada. Como por exemplo, ligações “clandestinas” de rede energia elétrica, que por sua vez, tendem a causar incêndios. Teria sido este o motivo que levou o desabamento do Edifício Wilton Paes de Almeida, localizado no Largo do Paissandu? Parece ser uma das hipóteses.

O déficit habitacional no Brasil é um problema estrutural, pois diz respeito ao modo como, historicamente, se deu o uso e a ocupação do solo, bem como a produção de moradias nas cidades brasileiras. Em detrimento do uso social do solo, as cidades brasileiras são planejadas como grandes centros comerciais e não como espaços a serem vividos por aqueles que a habitam. As cidades são planejadas sem considerar políticas habitacionais e outros serviços públicos, como saúde, educação, transporte, entre outros, que de fato atendam a demanda dos cidadãos. Neste cenário, o solo e a moradia são meras mercadorias, cujo valor, não está ao alcance da maioria das famílias, principalmente as de menor renda.

Se a questão é como evitar este tipo de tragédia, teríamos de debater a urbanização no Brasil e indagar o porquê de poucos terem muito, e muitos terem tão poucos para viver. Mas, em poucas palavras, podemos afirmar que só quando a moradia deixar de ser vista como um bem, uma propriedade, objeto de especulação e garantia de lucro, e passar a ser considerada, tanto pela sociedade, quanto pelo poder público, como um direito básico, é que este tipo de tragédia será, quem sabe, reduzida.

Isto significa que acidentes como o que ocorreu com Edifício Wilton Paes de Almeida podem ser evitados se a população tiver outras alternativas de moradias nas cidades onde vivem. Ocupar não é crime, ocupar um abrigo/uma moradia é uma necessidade humana!

*Valdirene da Rocha Pires é professora do curso de Serviço Social do Centro Universitário Internacional Uninter



quarta-feira, 9 de maio de 2018

Marinho recebe título em Santo André e lamenta crise no Consórcio

Por Vitor Lima

Ex-prefeito de São Bernardo do Campo e pré-candidato a governador do Estado de São Paulo, Luiz Marinho (PT) esteve na Câmara Municipal de Santo André na última terça-feira (8) para receber o título de Cidadão Honorário andreense. A entrega da honraria foi iniciativa do vereador Willians Bezerra (PT).

Durante conversa com os jornalistas, Marinho, que já foi presidente do Consórcio Intermunicipal do Grande ABC, classificou como uma “catástrofe” a possibilidade de outras prefeituras deixarem o órgão – Diadema deixou a entidade em 2017 e informações dão conta de que São Caetano do Sul e Rio Grande da Serra estudam a possibilidade.

Pré-candidato ao governo do Estado, Marinho (esquerda) criticou situação do órgão
 e reafirmou candidatura de Lula | Foto: Divulgação 

“É uma situação catastrófica em um momento em que se pede, no mundo inteiro, sinergia regional”, lamenta, para em seguida emendar que vê com “grande pesar” uma postura de “arrogância, prepotência e autoritarismo destruir as políticas regionais”, em clara referência ao atual líder do bloco e prefeito de São Bernardo do Campo, Orlando Morando.

Lula será o candidato 

Marinho aproveitou a oportunidade para reafirmar que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) concorrerá novamente ao cargo nas eleições de outubro. Pregou respeito aos demais candidatos do campo progressista – Ciro Gomes (PDT), Manuela D’Ávila (PCdoB) e Guilherme Boulos (PSOL) – mas descartou qualquer possibilidade do partido não ter candidato próprio à Presidência da República.

Cidadão andreense

Proponente da entrega de Cidadão Honorário de Santo André a Marinho, Bezzerra justificou o ato pela atuação do petista no sindicalismo, no Ministério do Trabalho e da Previdência Social. Na visão do vereador, Marinho beneficiou diretamente os trabalhadores andreenses no período em que ocupou tais cargos. A solenidade reuniu a maioria dos dirigentes petistas da região, como o ex-prefeito de Santo André Carlos Grana e os deputas estaduais Luiz Fernando e Luiz Turco.